GIFE lança novo SINAPSE para facilitar o acesso e o compartilhamento de conhecimento

GIFE lança novo SINAPSE para facilitar o acesso e o compartilhamento de conhecimento

Mais de 750 publicações relevantes, nacionais e internacionais sobre investimento social privado, terceiro setor e temas de interesse para o campo, estão agora ainda mais fáceis de serem acessadas, baixadas e disseminadas pelos usuários do SINAPSE – a biblioteca virtual do GIFE.

O espaço – criado em 2014 para possibilitar o acesso gratuito e ilimitado ao material produzido pelo campo e sobre o campo – foi reformulado e acaba de ir ao ar com novas ferramentas.

“O GIFE entende que o acesso a dados e informações de qualidade é fundamental para que os investidores sociais se tornem melhores agentes de transformação e para que o investimento social seja fortalecido, ampliado e diversificado. Nesse sentido, a proposta do novo SINAPSE foi facilitar o acesso e disponibilização do conteúdo, assim como a interface e comunicação com outras ferramentas, para que possamos compartilhar o conhecimento do campo do investimento social, da academia, da sociedade civil”, destaca Graziela Santiago, coordenadora de Conhecimento do GIFE.

Para facilitar a pesquisa, por exemplo, as publicações estão organizadas em temas relacionados à atuação dos investidores sociais e às agendas estratégicas do GIFE, como advocacy, comunicação, avaliação, alinhamento do investimento social às políticas públicas, fortalecimento das organizações da sociedade civil, alinhamento ao negócio, sustentabilidade econômica das OSCs, entre outros.

Além disso, é possível pesquisar por tipo de publicações (apresentação, artigo, pesquisa, livro, guia, manual, vídeos etc.), por região (Estado, Brasil, América Latina, EUA etc.) e até mesmo por autor ou editor, reconhecendo e promovendo assim outros atores do campo.

Na página do GIFE, por exemplo, estão disponíveis 44 publicações (desde 2000). Há ainda materiais de instituições como Charities Aid Foundation (CAF), Asociación de Fundaciones Empresariales (AFE), Aspen Network of Development Entrepreneurs (ANDE), Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), entre outras.

Na página de cada material, além de um pequeno resumo a respeito, é possível também identificar o idioma em que a publicação foi escrita, o ano de lançamento, os atores, o tema relacionado, assim como fazer o download gratuito.

Outra novidade é a possibilidade do usuário, ao se cadastrar no SINAPSE, favoritar as suas publicações para ler quando tiver interesse, organizando assim sua própria biblioteca dentro do espaço virtual. Além disso, pode sugerir e indicar a publicação que mais se interessou compartilhando em todas as redes sociais, ou reconhecendo outras publicações relacionadas ao tema, sugeridas pelo próprio SINAPSE.

O espaço tem sido amplamente utilizado por diversos internautas interessados nos temas do campo. Desde o seu lançamento, foram feitos mais de 10.500 downloads de publicações, por mais de 22 mil usuários.

Segundo Graziela Santiago, a proposta é, inclusive, que mais pessoas possam sugerir novos materiais (clique aqui para enviar uma dica), a fim de que o SINAPSE seja construído coletivamente, garantindo a qualidade e coerência do conjunto de publicações, a partir da curadoria qualificada do GIFE.

Legado do Instituto C&A

A partir de abril – logo após o Congresso GIFE 2018 – os usuários do SINAPSE poderão conferir também uma área especial que abrigará a Coleção Legado Educação Instituto C&A – patrocinador desde o início do SINAPSE.

Segundo Patrícia Lacerda, gerente de Educação do Instituto C&A, o objetivo da nova coleção será colocar à disposição do setor todo o conhecimento construído pela organização ao longo de sua trajetória no apoio ao fortalecimento do campo educacional.

“Neste momento de transição pela qual estamos passando, de deixar de atuar diretamente com educação e apoiar a transformação da indústria da moda, vimos a importância deste conhecimento gerado ir de fato a público. Nos questionamos de como poderíamos ser também uma organização de aprendizagem, e como o setor pode aprender com o que constrói e faz. Como pode usar um espaço de reflexão sobre o que faz para atuar, e não só compartilhar boas práticas, mas o que não funciona, fazer avaliações das ações nesta perspectiva da aprendizagem”, ressalta, destacando que o SINAPSE tem a oportunidade de compartilhar e maximizar estes espaços de reflexão, de troca e inteligência coletiva.

A Coleção irá agregar, a partir de uma curadoria, diversos materiais já produzidos pelo Instituto sobre a temática de educação, assim como materiais que possam compartilhar questões internas da organização como a política, desenvolvimento institucional, critérios para seleção de projetos etc., assim como novos cases.

Até o final de 2018, toda a Coleção já estará acessível no SINAPSE. “Neste processo de curadoria, estamos em interlocução com possíveis usuários, como parceiros, outros institutos, universidades, OSC, para que possam nos ajudar a organizar uma coleção que seja útil e traga insumos sobre questões que ainda sentem falta no cotidiano. O SINAPSE, ao ser um espaço público para além do Instituto, permitirá que esse conhecimento esteja mais tempo disponível e com maior potência de disseminação”, completa.

Confira as 10 publicações mais acessadas até agora no SINAPSE

 

Fonte: GIFE

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on Twitter